História e Origem da Raça

 
O Buldogue Francês, também conhecido como Frenchie, é uma raça que deve sua existência a pelo menos três países: Inglaterra, França e EUA.

 

A Inglaterra ajudou com a base da raça, que foi o antigo Buldogue. Criadores franceses transformaram esses pequenos Bulldogs em um tipo francês distinto, e criadores Americanos foram os primeiros a exigir as tão conhecidas orelhas de morcego.
 
Hoje, os Buldogues Franceses são excelentes cães de companhia, e um dos cães mais especiais que existe.

Sua carinha engraçada e seu temperamento divertem as pessoas enormemente, então é difícil passear com um Frenchie sem chamar atenção.
 


 

Convívio com outros cães e animais


Nem sempre o convívio entre exemplares machos – seja dois Buldogues ou um Buldogue e um cão de outra raça – funciona. Há vários relatos de conflito. Por outro lado, há também diversos casos de amizade harmoniosa. O sucesso ou fracasso dessa relação parece regido pelo espírito de liderança dos cães envolvidos: é importante que haja no máximo um líder na história. Já entre fêmeas, embora haja exceções, o convívio tende a ser pacífico. E com outros animais, desde que o Buldogue tenha crescido com eles, o dia-a-dia é promessa de paz e união. De forma geral, no entanto, os exemplares da raça tendem a aceitar os bichos com os quais convivem e não os desconhecidos. Por isso, se a idéia é introduzir um novo colega do reino animal no território de um Buldogue adulto, recomenda-se um período de adaptação devidamente supervisionado. A castração é uma boa solução, pois normalmente os machos disputam território e com a castração isso acaba. Se você socializar seu cão desde filhote em parques e cachorródromos, e castrá-lo ainda filhote, ele provavelmente vai se dar bem com todos os animais.

Fonte: Tudo sobre a raça Bulldog Francês | Tudo Sobre Cachorros http://tudosobrecachorros.com.br/buldogue-frances/#ixzz5Hhc4TnYD