Canil Frubosa

Adquira seu Filhote de uma Veterinária

Rio de Janeiro

Sem título (2).jpg
Conheça mais sobre essa Raça maravilhosa.
Dócil, companheira, brincalhona e carinhosa !

 

História e Origem da Raça Buldogue Francês

 
O Buldogue Francês, também conhecido como Frenchie, é uma raça que deve sua existência a pelo menos três países: Inglaterra, França e EUA.

 

A Inglaterra ajudou com a base da raça, que foi o antigo Buldogue. Criadores franceses transformaram esses pequenos Bulldogs em um tipo francês distinto, e criadores Americanos foram os primeiros a exigir as tão conhecidas orelhas de morcego.
 
Hoje, os Buldogues Franceses são excelentes cães de companhia, e um dos cães mais especiais que existe.

Sua carinha engraçada e seu temperamento divertem as pessoas enormemente, então é difícil passear com um Frenchie sem chamar atenção.

Tamanho Adulto

Peso médio: 8kg a 12kg
Tamanho: aproximadamente 30 a 35cm
Expectativa de vida: 13 a 14 anos

Bulldog ou Buldogue?

 Na verdade, ambos estão corretos. A palavra Bulldog é a forma de escrever em inglês (english bulldog, french bulldog) enquanto a palavra Buldogue é a maneira de escrever em português (buldogue inglês, buldogue francês).

Buldogue é uma raça braqueocefálica (focinho curto), então como toda raça com este padrão não é indicada para atividade física. Mas existe um grande boato mentiroso envolvendo esse padrão de focinho nas redes sociais. O compartilhamento de boatos como "ouvi dizer que morre se viver em quintal", "morre se sair de casa para passear", 'morre no verão".. é um absurdo, até porque é uma das raças mais vendidas no Brasil há anos se mantendo no ranking.

Não indico que uma pessoa adquira um cão dessa raça para ser companheiro de corrida matinal, longas distâncias, exercícios intensos, etc. Mas pode tranquilamente viver em um quintal. Os meus inclusive vivem em quintal. Brincam na piscina e sabem nadar.  Mas como veterinária, prefiro que usem colete para preservar até ops ouvidos sem otite em razão da umidade nos ouvidos.

Convívio com outros cães e animais


Nem sempre o convívio entre exemplares machos – seja dois Buldogues ou um Buldogue e um cão de outra raça – funciona. Há vários relatos de conflito. Por outro lado, há também diversos casos de amizade harmoniosa. O sucesso ou fracasso dessa relação parece regido pelo espírito de liderança dos cães envolvidos: é importante que haja no máximo um líder na história. Já entre fêmeas, embora haja exceções, o convívio tende a ser pacífico. E com outros animais, desde que o Buldogue tenha crescido com eles, o dia-a-dia é promessa de paz e união. De forma geral, no entanto, os exemplares da raça tendem a aceitar os bichos com os quais convivem e não os desconhecidos. Por isso, se a idéia é introduzir um novo colega do reino animal no território de um Buldogue adulto, recomenda-se um período de adaptação devidamente supervisionado. A castração é uma boa solução, pois normalmente os machos disputam território e com a castração isso acaba. Se você socializar seu cão desde filhote em parques e cachorródromos, e castrá-lo ainda filhote, ele provavelmente vai se dar bem com todos os animais.

Fonte: Tudo sobre a raça Bulldog Francês | Tudo Sobre Cachorros http://tudosobrecachorros.com.br/buldogue-frances/#ixzz5Hhc4TnYD